Entenda porque existe toner que imprime mais que outros

Os cartuchos de toner de alto rendimento tem a proposta de oferecer uma condição justa e de qualidade para quem possui impressoras à laser, independentemente se são a laser monocromáticas ou de impressões em cores.

O seu papel mais importante é o de oferecer alternativas, com máxima qualidade, para o consumidor e não deixá-lo refém de uma única opção que são os originais.

Quando nos referimos a uma condição justa, falamos do preço que se paga para obtê-los, mantendo todos os benefícios da impressão.

Mais adiante falaremos sobre os benefícios que você recebe ao adquirir um toner que imprime mais que a média.

Agora, deixa eu te perguntar:

Você já colocou no papel quanto se gasta em um ano comprando cartuchos de toner originais fornecidos pelo fabricante de sua impressora?

Dependendo de sua demanda, o investimento em cartuchos de toner originais te daria a possibilidade de comprar várias impressoras.

Pode parecer sem lógica, mas sabia que muita gente se mantém comprando cartuchos de toner originais por receio de perder a garantia da impressora?

Esse fato ocorre porque o diálogo a respeito do assunto não é tão amplo, pois defende o interesse dos grandes fabricantes de impressoras.

Para saber qual é a situação em que o fabricante pode negar a garantia de sua impressora por uso de cartuchos alternativos, veja usar cartuchos de toner similar resulta em perda da garantia da impressora?

Sinais de que o toner que você usa não apresenta o melhor custo x benefício

Tudo que nós queremos é ter a melhor qualidade pelo menor custo em um produto, não é verdade?

Hoje quem utiliza os serviços de recargas de toner vem observando que o cartucho vem “acabando cada vez mais rápido”, as “impressões estão bem clarinhas” e percebem um “aumento na quantidade de pó que este despeja dentro da impressora”.

Toda essa questão, que está deixando a desejar, está justificada pela produção de insumos de substituição para recargas com baixíssima qualidade.

Essas peças são: Os cilindros, pó de toner, rolos magnéticos e PCRs. Infelizmente essas peças de reposição para prestadores de serviços estão a cada dia trazendo um desempenho ruim.

Especulamos que isso possivelmente seja resultado da evolução do mercado para inserção do toner de alto rendimento que já está circulando em Recife de forma discreta entre os consumidores que captaram a nova economia.

A nossa dica é que o quanto antes você perceber esse movimento melhor será para o seu bolso, pode ter certeza.

Outro ponto é que além das peças terem sofrido com a perda de qualidade e durabilidade, os processos de remanufaturas também estão deixando a desejar por efeitos da guerra de preço na oferta do serviço de recarga em meio a crise.

Em resumo, os cartuchos de toner recarregados não conseguem, muitas vezes, chegar ao final de um ciclo de sua vida útil como se espera, ou melhor, como deveria.

Contudo, o quesito recargas não estão sendo mais sinônimos de economia, mas sim de prejuízo.

Te apresentaremos a forma de calcular o melhor resultado na hora de escolher através de uma conta simples, fique por aqui e veja.

Porque a tendência é que as recargas de toner piorem ainda mais?

Os fabricantes de impressoras durante anos colocaram todo o pavor que fosse possível no consumidor para que este olhasse com rejeição os serviços de recarga de toner.

Mas por ter um custo atraente, essa luta não foi vencida pela indústria das impressoras e as recargas ganharam o seu espaço merecido na época.

O mercado se aqueceu, fortaleceu-se e cresceu!

Todo mercado que cresce é bem observado e se torna uma excelente oportunidade para investidores, aumentando, como consequência, a concorrência.

A concorrência gera um efeito no preço, na maioria das vezes. O mercado fica tendencioso a trabalhar com preços cada vez mais baixos para manter o giro.

No caso da recarga, o aumento da rotatividade gerou um problema de baixa qualidade bem expressivo, pois o seu processo por ser 100% manual deixa o processo mais vulnerável a falhas. Fato que dificilmente ocorre nos originais ou com o toner de alto rendimento.

A parte ruim disso tudo é que o controle de qualidade termina deixando muito a desejar, pois precisa-se reduzir o número de técnicos qualificados para que as contas fechem e garanta mais um mês sobrevivendo.

Esse pode ser o pior cenário. Também um sinal de que o mercado não está melhorando e evoluindo para atender o consumidor como ele merece.

Não precisamos lhe dizer quem paga o preço da desqualificação no final das contas, não é?

 

O benefício que você recebe quando capta uma tendência e usa um Toner de alto rendimento

Quando você tem um toner que imprime mais, o custo por página impressa diminui significativamente.

O contrário, ou seja, ter um toner que imprime pouco, aumenta o custo de cada página que você imprime.

Os toners originais tem uma boa qualidade de impressão, mas infelizmente, a relação custo x benefício se torna muito ruim.

Se você colocar no papel, por exemplo, o preço que você paga em um toner original e a quantidade de páginas que ele imprime verá que o preço de cada página é muito alto.

Isso impossibilita até que você enxugue gastos de uma forma geral em uma empresa, por exemplo.

Para saber quanto cada página impressa lhe custa faça o simples cálculo:

Preço do Toner dividido pela quantidade de páginas aproximada que o fabricante informa.

Exemplo: Preço do cartucho de toner  / número de páginas = custo por páginas impressa.toner-de-alto-rendimento

Logo teremos: R$ 404,90 / 1.600 (impressões) = R$ 0,25.

Então, cada folha que você imprime custa a partir de R$ 0,25

Agora veja: 

Com o toner de alto rendimento para essa mesma referência você tem essa situação:

R$ 70,00 / 1.600 (impressões) = R$ 0,04

No caso do toner de alto rendimento você paga a partir de R$ 0,04 por cada página que imprimir, economizando R$ 0,21.

Observação importante dos fabricantes de toner: O número de impressões informado é estimado com base em 5% de cobertura da página. Por esse motivo o termo “a partir” é bem colocado.

Conclusão

As recargas de toner se tornaram mais caras porque imprimem muito abaixo do esperado nas condições atuais.

Insumos de qualidade para os serviços de recarga estão ficando cada vez mais escassos, aumentando o custo por cada página que o consumidor imprime.

O custo por página impressa de uma recarga é impossível de ser medido com exatidão por contas das inúmeras variáveis relacionadas a qualidade de peças, insumos e mão de obra técnica.

Os fatores que podem influenciar nesse quesito são: as peças de reposição na remanufatura, a habilidade técnica do prestador de serviço, bem como o controle de qualidade do serviço de forma geral.

Cada vez mais os consumidores têm notado que o seu cartucho recarregado tem durado pouco, apresentado uma impressão mais clara. Outro relato é que tem notado excesso de pó dentro de sua impressora.

Esse último é preocupante, pois aumenta os custos com manutenção da impressora.

Por outro lado, o o toner de alto rendimento oferecem o mesmo resultado apresentado pelos originais, com custos baixíssimos, próximos ao preço de uma recarga.

Enfim, atualmente a forma mais justa e segura de ter um melhor custo x benefício com toner é adquirindo o toner de alto rendimento.

Quais cartuchos de toner você tem utilizado na sua impressora?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *